O ator Johnny Depp foi acusado de agredir um membro de equipe de filmagem

O ator Johnny Depp foi acusado de agredir um membro de equipe de filmagem

Mais uma polêmica envolvendo Johnny Depp. Lembra quando o ator foi acusado de agredir um membro da equipe durante filmagens do drama “City of Lies” em maio deste ano? Pois o tal caso vai parar nos tribunais. O gerente de locações Greg “Rocky” Brooks abriu um processo contra Depp, o diretor Brad Furman e os produtores da Good Films, por danos morais não especificados, após o incidente ocorrido em abril.

Tudo começou quando o funcionário avisou ao cineasta responsável que as gravações de uma cena teriam que ser encerradas, pois o limite de tempo para manter uma rua de Los Angeles fechada teria se esgotado. Furman teria obrigado Brooks a dar tal informação para Depp, que ficou irritado e agrediu seu rosto.

“Ele estava a 15 centímetros de distância, gritando: ‘Quem é você? Você não tem direito!’, diz o documento. O ator ainda teria tentado socar as costelas dele e gritado “Eu te dou US$ 100 mil para me dar um soco agora!”. Na época, o diretor Brad Furman se pronunciou publicamente sobre o assunto, insistindo que a situação foi “exagerada” na mídia.

Por sua vez, Greg afirma que foi demitido do projeto três dias depois, por se recusar a assinar um documento o proibindo de criar um processo diante do incidente. Ele alega que sofreu humilhações, foi dispensado sem justa causa, além de ter dores físicas e mentais após o ocorrido. Por fim, o documento alega que os responsáveis pela produção deveriam saber que Depp estava alcoolizado e era uma ameaça para todos no set. A assessoria do ator e da companhia Good Films Productions não falaram sobre o assunto.

Sem previsão de lançamento no Brasil, “City of Lies” gira ao redor do detetive responsável por investigar um dos casos mais emblemáticos de violência dos Estados Unidos: a morte dos famosos rappers Notorious B.I.G. e Tupac Shakur. Também envolvido num polêmico processo envolvendo seus antigos contadores, Johnny Depp ainda está no elenco de “Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald”, com estreia marcada para 15 de novembro.

Johnny Depp teria perdido quase toda a sua fortuna de US$ 650 milhões. A situação do astro foi analisada por uma extensa matéria publicada na revista Rolling Stone sobre os problemas pessoais, financeiros e judiciais do ator. Estima-se que o intérprete três vezes indicado ao Oscar tenha alcançado um patrimônio de US$ 650 milhões, um montante impressionante, considerando que os filmes nos quais atuou faturaram uma receita somada de US$ 3,6 bilhões. Entretanto, a fortuna do ator e músico se perdeu “quase por inteiro”, garante a reportagem.

Depp está processando a TMG (The Management Group), empresa que gerenciava suas finanças e usou a matéria da Rolling Stone para expor as questões incômodas do trâmite judicial. O ator acusa a TMG, que pertence ao seu ex-empresário, Joel Mandel, e ao irmão dele, Robert, de tê-lo lesado financeiramente. Entre as acusações do ator estão negligência, fraude e violação de dever fiduciário.

Fonte: Jornal O Sul