Mais 3 efeitos colaterais bizarros que podem ocorrer após picadas de bichos

Eita!

Recentemente, nós do Mega Curioso compartilhamos por aqui uma matéria listando alguns efeitos colaterais pra lá de inusitados resultantes de picadas de bichos ou mordidas de animais — como o desenvolvimento de alergia à carne vermelha, a dissolução de ossos e a ocorrência de ereções sem fim!

Você pode conferir essas e outras manifestações curiosas através deste link, mas, como o que não faltam são efeitos colaterais bizarros provocados pelas ferroadas (ou dentadas) da bicharada, a gente resolver reunir outros três para você conferir:

1 – Ataques cardíacos

Tudo bem que as picadas de vespas e abelhas podem desencadear reações alérgicas bem sérias, mas você sabia que, em determinados casos, esses incidentes podem levar a ataques cardíacos? Pois, segundo a descrição de um caso clínico publicado no ano passado, foi isso o que aconteceu com um homem de 45 anos de idade na Inglaterra depois que ele levou a picada de uma vespinha marota.

Vespinha

Não divulgaram a espécie exata da vespa, mas achamos essa tão bonitinha... (Wikimedia Commons/Richard Bartz)

De acordo com os médicos que atenderam o homem, ele nunca tinha apresentado nenhum tipo de reação alérgica a picadas de insetos, mas, nessa ocasião, após o desafortunado encontro com a vespa, ele apresentou um grosseirão e dor no braço esquerdo — e um ataque cardíaco. Os especialistas acreditam que, depois da ferroada, o sistema imunológico do paciente teve uma reação extrema e as células levaram as placas presentes em suas artérias a se desprender e obstruir o fluxo sanguíneo.

2 – Derrames

Se você ficou impressionado com a reação anterior, saiba que além de as picadas de vespa poderem causar ataques cardíacos, elas podem ocasionar derrames também! Pelo menos foi isso o que aconteceu com um cara de Ohio, nos EUA, após levar uma ferroada na perna. O incidente foi registrado em 2016, e o paciente, um sujeito de 44 anos de idade, começou a apresentar sintomas típicos de AVC cerca de 1 hora depois de levar a picada, como paralisia em um dos lados do corpo e dificuldade para falar.

Vespa

Eita! (Wikimedia Commons/PiccoloNamek)

Segundo os cientistas, o que acontece é que toxinas presentes no veneno das vespas podem levar à constrição dos vasos sanguíneos e, dependendo da extensão da reação, limitar o fluxo de sangue ao cérebro e causar um acidente vascular. Além disso, as picadas podem provocar arritmias cardíacas e aumentar o risco de formação de coágulos que, por sua vez, também podem resultar em derrames.

3 – Paralisia

Vamos dar um tempo para as vespas, né? O efeito colateral do qual vamos falar agora pode ser provocado pela picada de mosquitos — e ser bem sério! Determinados insetos podem transmitir uma doença conhecida como “febre do Nilo Ocidental”, e não pense que a infecção se limita a atingir pessoas que vivem na África, não. Existem casos registrados na Europa e rolou um surto no Texas em 2012 que resultou na morte de quase 300 pessoas!

Mosquito

Tenso (Wikimedia Commons/Domínio Público)

Na verdade, os casos mais extremos são raros, mas existem pessoas que, após contraírem a febre, sofrem inflamação nos tecidos que envolvem o cérebro e na medula espinhal — podendo apresentar dores musculares, convulsões, perda de visão, dormência muscular e paralisia. Aliás, um homem diagnosticado com a doença nos EUA em 2016, acabou ficando permanentemente paralisado da cintura para baixo.

*Com informações de um artigo publicado por Rachael Rettner, do site Live Science.

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Fonte: MegaCurioso - As curiosidades mais interessantes estão aqui